Sua Vida

Yvonne do Amaral Pereira, foi uma das mais importantes médiuns de seu tempo. Uma pessoa com muitos compromissos relacionados ao suicídio. Na sua existência teve como tarefa superar desafios e dificuldades. Marido, filhos, sua própria casa ou bens materiais não lhe foram permitidos por conta de seu comportamento pretérito. No entanto, dedicou-se a doutrina espírita, ao estudo aprofundado, ao aconselhamento e orientação do próximo. Personalidade discreta, através de seus testemunhos dolorosos nos deixou uma belíssima obra e um grande exemplo de amor e dedicação ao próximo.

Nasceu no dia 24 de dezembro de 1900 no município, agora chamado de Rio das Flores no estado do Rio de janeiro. Concluiu apenas o curso primário, mas como autodidata estudou durante toda sua vida obras de grandes autores espíritas e obras clássicas. Publicou 16 obras, sendo a mais importante Memórias de um Suicida.

Nasceu em família espirita, e como não possuía recursos financeiros, em certas ocasiões psicografava em papel de pão, que ela cortava e passava a ferro, para produzir cadernos, e exercia esta atividade em cima de caixotes.

Rejeitava a família que lhe foi concedida, já que conservava a memória de outra existência. Não reencarnou com sequelas físicas, mas com grandes dificuldades de ordem psicológica.

Como ela própria declarava, não precisou desenvolver sua mediunidade, já nasceu com ela desenvolvida; aos 29 dias de nascida passou pelo processo de catalepsia, onde todos pensavam que havia morrido, retornando a consciência após uma oração sincera de sua mãe, aos cinco anos de idade já possuía percepção mediúnica, aos onze psicografava embora não tivesse consciência.

 “Geralmente, os médiuns têm uma aptidão especial para os fenômenos desta ou daquela ordem, donde resulta que formam tantas variedades quantas são as espécies de manifestações.”1

(1) O Livro dos Médiuns, capítulo XIV, Item 159

Esse não era o caso de D. Yvonne, ela tinha diversas variedades de manifestações mediúnicas:

  • Vidência e audiência – faculdade que se manifestou na infância;
  • Psicografia e desdobramento – seus mentores a levava em desdobramento a regiões do espaço e as histórias eram apresentadas em imagens, antes das obras serem psicografadas;
  • Psicofonia e oratória – possuía as duas faculdades, atendia a suicidas e obsessores através da psicofonia e foi expositora espírita de 1927 a 1971, onde recebia antecipadamente dos seus instrutores, as informações que seriam transmitidas posteriormente aos ouvintes.
  • Receituário e Cura – Esta foi uma das atividades que D. Yvonne se dedicou com grande afinco durante longo tempo. A cura ela exerceu através de passes e preces.
  • Efeitos físicos – Não exerceu essa variedade de manifestação mediúnica por conselhos de seus instrutores.

Além dessas também tinha as habilidades da psicometria e da premonição.

Publicou diversos artigos em jornais e periódicos, dava orientação espiritual através de cartas e até por telefone. Foi esperantista, mas não teve muito tempo para se dedicar a este estudo.

Aos dezoito anos teve uma premonição do que seria a sua vida: era incentivada por um instrutor a atravessar uma frágil ponte, sobre um rio turbulento e perigoso, tinha medo, mas o instrutor a amparou e ela em lágrimas conseguiu vencer a ponte e chegar do outro lado. Este espírito lhe disse que consegue tudo, aquele que tem vontade, ela seria amparada na travessia que simbolizava sua vida. De fato a premonição se fez realidade; durante toda sua existência precisou avançar por dores que só o Evangelho a amparou e fortaleceu. E seus instrutores sempre estavam presentes.2

 (2) Recordações da Mediunidade – Capítulo 9 – Premonições

Yvonne desencarnou no dia 9 de março de 1984, nos deixando um legado de amor ao próximo, e uma lição das dificuldades encontradas nos caminhos de reparação perante ao desrespeito às leis divinas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s